Future

Ir para conteúdo principal

Menu Principal

Nosso blog

Fonte segura de conhecimento

Criminalidade virtual muda conforme o país de origem, afirma pesquisa

Future

13/11/2017

Cada lugar do mundo tem suas especificidades e características. Os aspectos socioculturais, geográficos, econômicos e políticos se refletem em todas as diferentes populações que habitam uma determinada comunidade, sendo um retrato fiel do povo que vive em uma nação. E tais características também aparecem no submundo do crime digital.

Foi isso o que concluiu um levantamento feito por uma empresa de segurança cibernética. O estudo concluiu que existe uma grande variedade nas ações cibercriminosas, que se alteram conforme o lugar onde operam.

Na América do Norte, os hackers tendem a não esconder tanto suas ofertas, propondo ações e oferecendo serviços em fóruns e até mesmo no YouTube. As principais atividades estão relacionadas ao comércio de entorpecentes e ao roubo de dados pessoais.

No Brasil, os cibercriminosos confiam que a fiscalização não opera em meios virtuais e usam essa certeza de impunidade para ofertar serviços de hackers em plataformas extremamente acessíveis como Twitter, Facebook e YouTube. As principais ações propagandeadas são os malwares bancários, mas também há a disponibilidade de treinamento para a formação de novos hackers através de videoaulas.

Já na Rússia, país que tem se tornado presente nas manchetes sobre cibercrime após a Internet Research Agency ser apontada como responsável pela veiculação de notícias falsas, os hackers ofertam serviços de malware para outros países, como Brasil e Japão.

O submundo do cibercrime chinês se volta para fraudes e extorsões com a criação de novos vetores de malware. Os hackers chineses procuram testar novos dispositivos que chegam ao mercado para descobrir as vulnerabilidades dos aparelhos assim que eles são lançados.

Já os hackers japoneses, segundo os dados da pesquisa, são os mais restritos: apenas aqueles que já são conhecidos no meio do cibercrime podem acessar os fóruns que tratam sobre contrabando de armas e entorpecentes.

Fonte: CanalTech

Compartilhe:

Receba nosso Newsletter

Entre em
Contato Conosco

.
.
.
.

Gostaria de receber notícias e promoções da Future?

.

.Campo obrigatório

© 2017 Future. Todos os direitos reservados. Site by Allen Motion