A Symantec anuncia novos recursos do Symantec Cloud Workload Protection (CWP) Suite, que agora conta com verificação antimalware de múltiplas camadas para cargas de trabalho e protege o processamento e armazenamento.

A demanda por mais agilidade nos negócios levou muitas organizações a adotar uma infraestrutura de nuvem híbrida, combinando nuvens locais, públicas e privadas. No entanto, as ferramentas de segurança locais tradicionais não têm as integrações nativas à nuvem necessárias para proteger e crescer com as cargas de trabalho e o armazenamento nesses ambientes dinâmicos.

O Symantec CWP e CWP for Storage incluem proteção antimalware de múltiplas camadas com as tecnologias do Symantec Endpoint Security (SEP) para ajudar a detectar e mitigar vírus e ameaças. O CWP auxilia na detecção, visualização e proteção automáticas de cargas de trabalho em ambientes heterogêneos de data center na nuvem híbrida por meio de uma solução com agente e console únicos. A solução suporta servidores físicos locais, nuvens privadas virtualizadas e plataformas de nuvem pública, incluindo Amazon Web Services (AWS), Microsoft Azure e Google Cloud Platform (GCP).

“Os ataques de ransomware continuam mantendo os dados reféns, e os buckets mal configurados do AWS S3 expuseram os dados dos clientes”, afirma Doug Cahill, diretor de Grupo e Analista Sênior do Enterprise Strategy Group. “À medida que as empresas migram e implantam cargas de trabalho na nuvem pública, a capacidade de visualizar e proteger recursos de computação e armazenamento em ambientes heterogêneos de nuvem híbrida fica cada vez mais importante. A Symantec é a primeira a oferecer proteção antimalware para a combinação de buckets de armazenamento do AWS S3 e cargas de trabalho na nuvem pública. Ao fornecer às empresas a flexibilidade de implantar as proteções certas na nuvem e no local a partir de um único console, o Symantec CWP as ajuda a unificar a segurança cibernética entre nuvens híbridas”, finaliza o executivo.

Entre os novos recursos, destaque para:

  • Verificação antimalware de múltiplas camadas para instâncias de computação e servidores Windows e Linux para ajudar a bloquear os ataques baseados em malware mais recentes, como ransomware e bots maliciosos;
  • Tecnologias antimalware líderes do setor para endpoints, incluindo aprendizado de máquina avançado e análise de reputação de arquivos, para ajudar a detectar e bloquear ameaças desconhecidas e ataques de dia zero;
  • Verificação antimalware automática e programada para detectar e proteger buckets do Amazon S3 sem remover arquivos e objetos do ambiente de nuvem e alertas que identifiquem buckets mal configurados ou publicamente acessíveis;
  • Integração com os fluxos de trabalho DevOps, possibilitando uma segurança que cresça elasticamente com os ambientes de nuvem dinâmicos;
  • Visibilidade e segurança automatizadas para cargas de trabalho nos provedores líderes de nuvem pública: AWS, Microsoft Azure e Google Cloud Platform;
  • Suporte a contêineres Docker e ferramentas de orquestração, incluindo Chef e Puppet.

O Symantec CWP inclui recursos de proteção de cargas de trabalho, como monitoramento da integridade de arquivos (FIM), isolamento de aplicação única e fortalecimento de sistema operacional para ajudar a parar ataques de dia zero. O CWP habilita recomendações automáticas de políticas para oferecer uma proteção rápida e escalável das cargas de trabalho na nuvem, com detecção de serviços de software e visibilidade das alterações na infraestrutura.

“Nossa plataforma integrada de defesa cibernética (ICD) unifica a segurança entre ambientes na nuvem e servidor próprio”, afirma Javed Hasan, vice-presidente sênior de Segurança Corporativa de Endpoints, Data Centers e Dispositivos Móveis da Symantec. “Como um componente essencial da nossa plataforma ICD, o Cloud Workload Protection permite que os profissionais de DevOps apliquem proteção antimalware elástica e escalável em seus fluxos de trabalho de integração e entrega contínuas e habilitem os administradores de segurança a gerenciarem ambientes de nuvem heterogêneos por meio de uma solução eficiente de console único. Por isso, as empresas da geração da nuvem podem agora se beneficiar da proteção líder do setor com as tecnologias do SEP da Symantec em seus ambientes de data center na nuvem”.

Quer conhecer a Solução? A Future é parceira Symantec! Clique aqui e entre em contato conosco.

Fonte: TI Inside.

Entre em contato conosco