O medo a respeito de vazamento de dados toma conta de grande parte dos executivos de grandes corporações. Com as novas normas da LGPD e os recentes casos, essa angústia cresceu ainda mais. Afinal, se instituições respeitadas e com imenso alcance foram vazadas, o que fazer para o mesmo não ocorrer com você?

A resposta para essa pergunta não existe, bem como não há 100% de certeza que você não terá problemas quanto a isso. De qualquer forma, porém, são inúmeras as maneiras existentes para evitar ou ao menos diminuir os riscos deste problema acontecer. Para isso, então, se faz necessário informação e investimento.

Se deseja entender mais sobre o vazamento de dados e como escapar dele, confira o texto abaixo. Aqui, descobrirá os impactos dessa ameaça, o que fazer se ocorrer e como evitá-lo.

A LGPD e o vazamento de dados

Um ponto novo dentro de todo esse contexto é o surgimento da LGPD, a Lei Geral de Proteção de Dados. Implementada em 2020, a norma tem como objetivo regulamentar a maneira como a informação é coletada, armazenada, utilizada e protegida. Assim, promete maior segurança ao material e à vida dos cidadãos.

Para se adequar a LGPD e evitar vazamento de dados, porém, é preciso estudo. Diversos são os pontos que uma empresa deve se atentar, que vão dos direitos dos consumidores ao risco de pesadas multas. Dessa forma, compreender melhor todo o conceito e seus impactos são de extrema importância para fugir dessa armadilha digital.

Impactos do vazamento de dados

Muito mais do que apenas se importar com as multas, o vazamento de dados possui um grande risco à companhia e seus clientes. Por meio dessas informações, afinal, hackers podem ter acesso a um material bastante delicado. De dados pessoais a informações sigilosas, os perigos dessa situação assustam qualquer um atualmente.

Prejuízos financeiros

Muitas vezes, ao haver um vazamento de dados, se faz necessário pausar ou bloquear todo um sistema. Com isso, muitas organizações já precisaram ficar horas ou até dias sem seu principal software. Esse tempo, inevitavelmente, traz prejuízos financeiros que, dependendo da empresa, podem chegar aos milhões ou até bilhões de dólares.

Queda na credibilidade da empresa

Junto a isso, ocorre também uma grande perda na confiança dos consumidores e do mercado com essa companhia. Na prática, isso significa uma queda na credibilidade desta, o que também afeta seu faturamento a curto, médio e até longo prazo. Em geral, é preciso um grande esforço de marketing e relações públicas para evitar danos maiores.

Interrupção do negócio com a violação de dados

Como dito no primeiro tópico, o vazamento de dados traz consigo uma interrupção em todo o sistema. Mais do que o problema em si, isso representa uma pausa em todos os processos internos da companhia. Dessa forma, além do faturamento, outros setores são afetados, como o desenvolvimento, marketing, compras e até o financeiro e fiscal.

Processos judiciais

Deixando de lado tudo o que ocorre dentro da empresa, há também fatores externos que podem te afetar. O principal deles é a possibilidade de a organização receber inúmeros processos judiciais. Estes, em sua maioria, serão relativos ao vazamento em si e à distribuição dos dados de terceiros de maneira não autorizada, ainda que sem intenção.

Conhecimento de dados confidenciais sigilosos

Por fim, durante o vazamento de dados, não são apenas as informações de consumidores que podem se difundir. Em muitos casos, materiais sigilosos da empresa podem cair na internet, ficando ao acesso de hackers e concorrentes. Toda uma estratégia ou novos lançamentos podem ser afetados por serem expostos indevidamente.

O que fazer após um vazamento de dados?

Mesmo com todos os cuidados, pode acontecer um vazamento de dados, grande ou pequeno. Se isso ocorrer, a empresa deve estar preparada para lidar com as consequências, e nada melhor para isso do que um bom planejamento. Dessa forma, o indicado é realizar as etapas a seguir para mitigar os efeitos dessa falha de segurança.

Detectar problemas na segurança

De nada adiantará se preocupar com os efeitos dessa distribuição indevida de informações se nada for feito para estancá-la. Assim, o primeiro passo a se seguir é detectar o problema que causou o acidente. Com esse conhecimento, afinal, será possível seguir às próximas etapas para resolver a situação.

Identificar o incidente

Sabendo qual problema possibilitou o vazamento de dados, chega o momento de identificar o incidente que o causou. Aqui, o importante é compreender quem ou o que foi responsável pela situação inconveniente e perigosa. O foco, entretanto, não está na punição do culpado, mas sim na correção do processo para que tudo volte à normalidade.

Contenção

Com essas informações em mãos, se faz possível iniciar o processo de contenção do vazamento. Muito provavelmente essa etapa não será rápida, muito menos simples, mas ainda assim extremamente importante. Nenhum esforço valerá a pena, afinal, se não se estancar o processo de divulgação do material de sua empresa e clientes.

Investigação das causas

Com tudo isso feito, chega a hora de, enfim, entender mais afundo as reais causas de toda essa situação. Os motivos podem ser vários e, inclusive, combinados, como falha humana, software desatualizado ou até mesmo problemas no firewall. Independentemente da situação, porém, se faz preciso entender completamente essas causas.

Solucionar o problema

Por fim, tendo conhecimento de todas as etapas acima, chega o momento de solucionar o problema. Novamente, precisa-se ter noção da situação para construir uma estratégia de solução. Para isso, podem ser utilizados treinamentos da equipe, investimento em novos softwares ou até a procura por novos fornecedores.

Como evitar um vazamento de dados?

Mais interessante do que se focar em o que fazer após o vazamento de dados é compreender como evitá-lo. Com este objetivo, é imprescindível que se siga uma cartilha de boas práticas sobre o assunto como as que seguem. É por meio dessas dicas, afinal, que você terá um ambiente realmente seguro e dificultará o trabalho dos hackers.

Política de Segurança da Informação (PSI)

Uma boa maneira de evitar se encontrar em situações como essa é ter uma boa PSI. Essa é a Política de Segurança da Informação, um documento ao qual todo os colaboradores devem ler. Nele, constam técnicas de boas práticas que podem auxiliar nesse processo e evitar que o sistema se encontre desprotegido.

Backups periódicos

Como se sabe, o grande trunfo de qualquer organização é a quantidade de informações as quais ela tem acesso. Assim, com um vazamento de dados, o maior medo dessa empresa é, justamente, a perda desse ativo valioso. Dessa forma, realizar backups periódicos permite que sua empresa tenha sempre esse material, evitando perdas ainda maiores.

Restringir acessos

A maioria dos programas disponíveis atualmente permite que você defina os colaboradores que podem ter acesso a cada arquivo. Sua grande função é, portanto, evitar que pessoas desconectadas a um projeto possam acessá-lo. Além de impedir esse contato desnecessário, a tática diminui drasticamente a quantidade de usuários que podem causar falhas ao sistema.

Investir em tecnologias de segurança

Infelizmente, os hackers estão cada vez mais atualizados no que diz respeito às técnicas de segurança organizacional. Com isso, se faz preciso que as empresas também possuam todo esse conhecimento. Mais do que isso, precisam investir nas melhores e mais modernas soluções para evitar o temido vazamento de dados.

Plano de disaster recovery

O Disaster Recovery é um termo de TI que representa um conjunto de ações a fim de recuperar a empresa de desastres como esse. Assim, se apresenta como uma maneira estratégica de evitar a perda de todo o material informacional que uma companhia possui. Utilizando-a, mesmo que haja alguma falha, os dados de sua empresa estarão seguros.

Contrato de confidencialidade

Para finalizar, um dos pontos mais óbvios, simples e, ainda assim, eficazes na luta contra o vazamento de dados é o contrato de confidencialidade. Comum no ambiente corporativo, esse documento é assinado por toda a equipe de um projeto. Sua função é garantir que essas pessoas não vazem qualquer informação sobre este, estando sujeitas a multas e processos se o fizerem.

Saiba mais sobre o que fazer em relação a vazamentos de dados

Uma coisa que se pode perceber com o texto acima é que o vazamento de dados é um tema bastante complexo. Seus efeitos podem ser devastadores, mas há maneiras de impedir seu escalonamento, ou ainda de evitar que ocorram em primeiro lugar. Independentemente da tática escolhida, o mais indicado é contar com parceiros que te auxiliem nesse momento.

Com mais de 20 anos de atuação no mercado de segurança da informação, a Future é a escolha ideal para você. A empresa traz confidencialidade, integridade, disponibilidade e conformidade para qualquer projeto que precisar. Mais do que isso, possui o conhecimento e a experiência necessários para te ajudar de forma totalmente eficaz.

Assim, você terá ao seu lado não somente um parceiro, mas toda uma equipe empenhada em proteger sua empresa. E, em momentos como o atual, em que os ataques são cada vez mais comuns, esse é o suporte que você precisa para se manter competitivo no mercado.

Ficou interessado? Entre em contato com um especialista da Future para mais informações.